9 de outubro de 2017 em Dicas, Diversão, melhor época para viajar, Ofertas, Sem categoria, Turismo
435

Dicas valiosas para viajar mais e economizar

Alisson Borges

Escutar histórias de amigos ou familiares sobre as maravilhosas viagens que eles fazem regularmente é uma situação que sempre gera sentimentos mistos na gente.

Por um lado ficamos felizes pelo próximo estar adquirindo novas culturas e experiências que vão, por sua vez, torna-lo uma pessoa mais realizada e interessante.

Contudo, entretanto, todavia, é impossível não sentir aquela pontada de inveja e semi-indignação. Um momento em que nossa vozinha interior fica resmungando para si mesma “como é possível que fulano ou sicrana seja capaz de arrumar dinheiro para fazer tantas viagens?”.

Quando se trata de reunir fundos para viajar, certos indivíduos se revelam verdadeiros mestre da economia. Vamos compartilhar alguns dos costumes e técnicas mais utilizados por essas pessoas espertas para que você também venha a fazer parte desse seleto grupo de viajantes.

 

Estipule uma meta

Fonte: Tidningen Accent

A  economia só acorre quando batemos e pé e decidimos separar um valor X ou uma porcentagem Y

 

Pergunte para qualquer pessoa com uma vida econômica saudável qual o segredo para viver bem, sem passar necessidades, a ainda ser capaz de salvar algum dinheiro ao final de cada mês. O principal fator que elas vão mencionar é, sem dúvidas, a capacidade de estipular metas.

Em outras palavras: a economia só acorre quando batemos e pé e decidimos separar um valor X ou uma porcentagem Y assim que o dinheiro entra em nossa conta corrente. Após isso, começamos a separar valores destinados aos gastos fixos como contas de agua, luz, aluguel, academia, internet, etc.

É muito provável que tenha ouvido esse conselho antes. Afinal de contas, não precisa ser nenhum gênio para descobrir que se alguém guardar uma certa quantia, e não toca nela até o momento certo, as chances do dinheiro estar lá quando você precisar dele é de 100%.

Sendo assim, por que a maioria das pessoas ainda sofre para juntar dinheiro? Simples: o segredo da economia é respeitar o que foi estipulado.

A cada dia que passa o processo de consumo fica mais fácil e cômodo. Por isso, precisamos ter a mão alguns mecanismos que nos impeçam de ceder aos desejos passageiros de gastar dinheiro com coisas supérfluas.

Coloque suas economias em uma poupança com saque programado, arrume um cofrinho bem resistente ou até mesmo peça para alguém esconder seus cartões de crédito. Qualquer método é valido nessa hora, contanto que mantenha sua renda a salvo de você mesmo.

Agora que estamos preparados para salvar dinheiro de verdade, qual tal visitar cada gasto fixo mensal que temos, atrás de oportunidades para reduzir os valores que são levados de nossas contas todo mês?

 

Gastos com transporte

Fonte: Metro News

 Fazer o trajeto até a padaria ou supermercado a pé pode fazer bem para o bolso e para o corpo

 

Sejamos realistas: se estamos falando do cenário brasileiro, abrir mão do seu carro para se entregar ao serviço público de transporte poder ser uma alternativa meio drástica. Mas nada te impede de deixar o veiculo particular em casa na hora de se locomover dentro do seu próprio bairro.

Essa dica pode melhorar tanto a sua saúde econômica quanto o seu bem-estar físico. Fazer o trajeto até a padaria ou supermercado a pé pode fazer bem para o bolso e para o corpo.

E se você possui uma bicicleta velha pegando poeira nos fundos da casa, por que não fazer uso dela? Um pequeno investimento feito para deixa-la funcionando não é nada comparado aos valores gastos mensalmente com combustível para deixar o seu sedento possante rodando.

 

Gastos com roupas

Fonte:  Match.com

Algumas peças podem não servir mais em você graças aos quilinhos a mais que você acabou encontrando

 

Controle a tentação de correr para shopping e renovar completamente o guarda roupa a cada mudança de estação. Ao invés disso, volte ao seu quarto e passe um pente fino em cada peça de roupa que você possui.

É bem provável que você se surpreenda com a quantidade de calças, sapatos,  camisas e casacos em perfeito estado que estavam a sua disposição esse tempo todo.

Não podemos excluir também a possibilidade de que algumas peças podem não servir mais em você graças aos quilinhos a mais que você acabou encontrando antes de fazer essa geral no guarda roupas. Nesse caso, as próximas dicas farão ainda mais sentido pra você.

 

Gastos com alimentação

Fonte: Mental Floss

Aprenda a fazer os seus pratos favoritos e verá o quanto é possível poupar dinheiro dessa forma.

 

Muita calma nessa hora. Ninguém aqui está sugerindo que você faça greve de fome para poder guardar dinheiro e viajar.

Mas a verdade é que, se formos calcular o quanto do nosso salário vai embora só com lanches e refeições fora de casa, (delivery também conta, viu?), vamos  perceber que são eles os principais vilões da economia.

Se você é daquelas pessoas que não abre mão de um confort food no final de semana, não tem problema. Aprenda a fazer os seus pratos favoritos e verá o quanto é possível poupar dinheiro dessa forma.

 

Agora uma dica secreta para quem leu até o final: Sabia que você pode se hospedar No Le Jardin por sete dias e pagar por apenas cinco, com check-in em qualquer dia da semana. É só acessar o link abaixo e fazer o seu cadastro.

 

Com informações de Viagem e Turismo, Skyscanner, 360 Meridianos, Apure Guria, Viajadora, Mochila Brasil, Catraca Livre, Escolha Viajar.

 

Gostou desse artigo? Dê uma olhada nesse outros, você pode se interessar também!

 

Eis alguns fatos que farão você amar viajar

5 lugares para viajar na baixa temporada

Posts relacionados

2017 © HPO Adminstradora de Clubes e Hoteis LTDA – 33.324.195/0002-65

Desenvolvido por