7 de fevereiro de 2018 em Cuidados, Dicas, Especiais, melhor época para viajar, Turismo, viagem nos feriados
3367

Viajar grávida: dicas para curtir o passeio com segurança e tranquilidade

Alisson Borges

Viajar grávida pode ser uma experiência incrível, desde que seja planejada com bastante cuidado. Apesar da gravidez exigir muito esforço da mulher, existem períodos na gestação que são mais tranquilos e apresentam boas oportunidades para a futura mamãe curtir uma viagem.

Acompanhe um guia rápido com as dicas mais importantes para quem pretende viajar grávida. Aqui apresentamos qual a melhor época para viajar, requerimentos de viagem de acordo com o transporte escolhido, entre outras informações essenciais.

Preparativos da viagem

Fonte: UOL Estilo
Viajar grávida - grávida consultando médico

O médico é quem sabe o melhor momento de viajar

Não faça nada em relação à viagem sem antes avisar o seu médico. Assim, você irá receber os melhores conselhos e alertas. Ninguém melhor do que o seu obstetra para te informar se viajar grávida é uma boa ideia ou não.

Informe seu médico sobre a duração da viagem, assim como o destino dela. Certos países requerem vacinação contra febre-amarela, como Índia, por exemplo. Como que gestantes não podem tomar tal vacina, é necessário obter uma liberação, que pode ser emitida por certas clínicas licenciadas pela ANVISA.

Como sempre ressaltamos aqui no blog, a contratação de um seguro viagem é muito importante, não só para que vai viajar grávida, mas também para quem viaja sob outras condições.

Veja: Seguro de viagem: como escolher a melhor opção para você?

O primeiro trimestre a gente nunca esquece

Fonte: Ser Padres
Viajar grávida - Mulher grávida no aeroporto

O primeiro trimestre traz consigo os sintomas mais intensos.

Durante a gestação, as primeiras sete semanas são famosas por não apresentar quase nenhum sintoma para a futura mãe. Mas é no intervalo entre a 8ª e a 11ª semana que as transformações ficam mais nítidas.

Alterações de humor, enjoos e dores de cabeça são alguns sinais que indicam a desenvolvimento mais acelerado do bebê nessa primeira etapa de gestação. Por isso, pode ser uma boa ideia adiar os planos de viagem até um momento em que a gravidez alcança um estágio mais estável.

Se a ocasião falar mais alto, procure tirar as suas férias em um local mais perto de casa. No entanto, não deixe de consultar seu médico sobre isso.

Segundo trimestre: a época perfeita para viajar

Fonte: Travel – Dream
Viajar grávida - Mulher grávida tirando foto

Os sintomas vão, a disposição fica!

Se você foi paciente até agora, e se encontra entre as semanas 18 e 24 de gestação, pode aproveitar tranquila a escolha do enxoval do bebe, principalmente se for durante uma viagem de compras fora dos pais.

O segundo trimestre da gestação é a etapa mais tranquila da gravidez e o momento mais indicado para fazer aquela viagem dos sonhos. É claro, nada que envolva trilhas acidentadas no coração do cerrado ou peregrinações pelas inúmeras escadas de Machu Picchu.

Lembre-se que, embora os enjoos tenham passado nessas últimas semanas, de agora em diante o aumento do peso vai começar a limitar seus movimentos de forma considerável.

Quer uma dica de destino ideal para quem viaja grávida? A cidade de Caldas Novas, no interior do Goiás, é excelente por apresentar um dos melhores serviços de hotel do estado e ainda contar com o maior potencial hidrotermal do mundo.

Confira: 5 lugares para curtir em Caldas Novas no final de semana

Mamãe nos céus, em terra e mar

Fonte: Mamazone
Viajar grávida - mulher grávida dirigindo

Respeite o tempo limite de gestação para cada situação

Vai de avião, carro ou navio? Cada serviço de transporte tem as suas regrinhas. Vamos a elas!

Companhias aéreas: costumam pedir atestado a partir da 27ª semana de gravidez. Compre um assento próximo da asa para que a viajante grávida possa esticar bem as pernas. Meias compressoras evitam o inchaço durante o voo, dificultando o surgimento de trombose.

De carro: o recomendável é que a mulher grávida não dirija após a 36ª semana, em rodovias, e após a 38ª semana, em cidades. Em todos os casos, o cinto de segurança é indispensável e deve estar posicionado abaixo da barriga da gestante.

Navio: o exemplo mais restritivo de todos. A maioria das companhias começam a impedir o embarque de gestantes com mais de 23 semanas de gravidez. Dentre os motivos da proibição está o do risco do famoso enjoo, que costuma ser ainda mais severo com as passageiras gestantes.

Vai pra praia? Cuidado por dois

Fonte: Escape
Viajar grávida - Mulher grávida na água

Dá pra curtir muito, é só tomar cuidado com umas coisinhas.

Não há contra indicações para quem pretende aproveitar o litoral durante a gestação. Entretanto, existem cuidados que devem ser tomados para evitar desconfortos e pequenos agravantes à saúde da mulher grávida.

Hidratação: o clima quente cobra mais do corpo, fazendo a gestante transpirar bastante. Então, leve sempre uma garrafinha de água com você ou capriche na água de coco. Ficar à sombra também é importante.

Filtro solar: grávidas têm predisposição a produzir manchas na pele, ainda mais quando ficam muito tempo no sol. Para evitar o surgimento de melasmas, use e abuse de filtro solar e também de chapéus de aba longa, que ajudam a manter os raios solares longe das áreas mais sensíveis do corpo.

Infecções: evite o risco de contrair infeções vaginais, como a candidíase, passando menos tempo possível com o biquíni molhado. Doenças do tipo são agravantes do parto prematuro, então é bom ficar de olho.

Momentos de conforto e descontração esperam por você no Carnaval do Le Jardin Caldas Novas. Clique no banner e confira a programação especial que preparamos para você e sua família curtir muito nesse feriado.

https://goo.gl/NMfuwJ

Com informações de Viagem e Turismo e Guia do Bebê.

Posts relacionados

2017 © HPO Adminstradora de Clubes e Hoteis LTDA – 33.324.195/0002-65

Desenvolvido por